Monday, January 25, 2010

Os Votos de Matrimônio (atualizados)

Em uma cerimônia de casamento tudo parece absolutamente perfeito quando pensamos sobre a nova vida que está para começar. Um dos momentos mais interessantes de toda a cerimônia é o momento dos Votos de Matrimônio, quando o padre normalmente pede aos noivos que digam seus nomes e prometam ser "fiéis e leais na saúde, na doença, no porvir, pelo bem e pelo mal, na pobreza e na riqueza, até que a morte os separe". Isso é lindo, com certeza, mas parece que falta algo de realidade nesta promessa, principalmente se levamos em conta a nossa vida atual.

Talvez as seguintes sugestões fossem um pouco mais genuínas e honestas. O que acham?

- Prometo que a paixão não me tornará uma pessoa obsessiva, e sim uma pessoa respeituosa sobre a individualidade do meu/minha esposo/a, porque ele/a não me pertence e se ele/a é parte de minha vida é por sua livre e espontânea vontade.

- Prometo que serei o melhor amigo e o melhor amante que meu/minha esposo/a jamais possuiu, estando consciente de quando devo ser um ou o outro, e ainda assim, ao mesmo tempo, conservar-me uma pessoa romântica.

- Prometo fazer de nossa vida o melhor caminho para envelhecer juntos, e nunca o melhor caminho para reclamar sobre os sonhos que não pudemos concretizar.

- Prometo ser feliz junto ao meu/minha esposo/a, simplesmente porque ele/a é a pessoa que melhor me conhece, da mesma forma que ele/a é o meu melhor ajudante, e, igualmente, meu melhor apoio.

- Prometo permitir que meu/minha esposo/a saiba tudo sobre mim.

- Prometo ser gentil, amável e bem humorado, nunca usando o dia-a-dia como desculpa para minha irritabilidade.

- Prometo fazer sexo sem modéstia, ter filhos porque eu quero e não porque a sociedade espera isso de mim, e prometo criar meus filhos de forma independente, inteligente, sãbia, polida e atenta para a vida futura.

- Prometo nunca falar mal do meu/minha esposo/a.

- Prometo que a palavra "liberdade" terá o mesmo significado que eu sempre acreditei e prometo que cuidarei de mim sem ser dependente do meu-minha esposo-a.

- Prometo que serei sempre a mesma pessoa que eu era minutos antes de entrar na cerimônia de casamento.

Neste caso, eu vos declaro marido e mulher... pode beijar a noiva... :o)

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar

Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

5 Deixaram aqui suas Palavra(s) de Amor:

Chica

Muoito legal isso!beijos,chica

Pelos caminhos da vida.

Muito bom o texto.

beijooo.

sam rock

Parabéns Carmen por amosar que cres no amor conxugal e que nel e que nel tamén hai entrega desinteresada e paixón.

Bico ou beijos, flores e moitos sorrrisos!

RESILIÊNCIA

Visitando estes escritos maravilhosos...

Blog do Óbvio - Manoel

Carmem, excelente complemento. Gostei muito disso:
"Prometo ser gentil, amável e bem humorado, nunca usando o dia-a-dia como desculpa para minha irritabilidade".
Essa desculpa é muito comum. Sai do trabalho, conversa com todo o mundo, rí, brinca e chega em casa e fala:
"Por favor, façam silêncio que preciso descansar. Hoje tive um dia horrível".
É muito triste perder um tempo com charme e irritação e não confabular em família. Não se divertir dentro de casa. Impor um sistema autoritário em família.
Bom mesmo é não perder a identidade, levar a vida bem "soft", amar muito e ser muito amado. Beijos carinhosos, bouquet de flores e seus lindos sorrisos.
Manoel.

Related Posts with Thumbnails
 
BlogBlogs.Com.Br