Friday, December 31, 2010

Aprenda a Lidar com as Dificuldades, Gentilmente



Busque um lugar onde você possa se sentir completamente tranquilo, bem sentado, e diga a si mesmo: Somente eu posso destruir minha paz, e estou optando por NÃO fazê-lo.

Durante todo o dia, quando pareça que os outros estão fazendo de sua vida um caos, pare e lembre-se de que é você quem determina como quer se sentir diante das dificuldades. Você é o responsável único pela forma como recebe as palavras e ações que acontecem ao seu redor e suas percepções e-ou aceitações destas atitudes dependem unicamente de você.

Pense e escolha! E que essa escolha seja a que reflita a sua vontade de viver e ser feliz neste Ano Novo que se inicia!

Feliz 2011 para todos!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, December 29, 2010

Acredite em seu Poder


Enfoque-se sempre em seus esforços, não nos resultados.

Quando enfrente situações novas e alguns obstáculos, projetos ou aventuras, dedique-se alguns momentos do dia a lembrar-se de que você pode realizar tudo o que deseja e necessita, e mais, que pode disfrutar da situação. Diante de um obstáculo, esforce-se ao máximo, pois isso você com certeza pode fazer.

Quando vemos que nossas vidas estão caminhando em um processo que, naturalmente, incluem dificuldades ou situações não tão difíceis, descobrimos que tudo o que necessitamos é um grande esforço. Essa é a realidade e não há nada de errado com isso, simplesmente assim é a Vida.

Os resultados virão naturalmente!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, December 27, 2010

Aceite as Coisas Como São



Pense em como sua insatisfação com uma situação em particular pode ser melhorada simplesmente aceitando as coisas como elas são.

O sofrimento normalmente advém do fato de que desejamos que as coisas sejam diferentes do que elas realmente são.

Sente-se calmamente, feche os olhos e abra sua mente e coração para mudar de perspectiva com relação à Vida. Lembre-se que, mesmo em uma situação particularmente difícil que parece insuportável, nada é rígido ou inflexível.

Tudo pode mudar.

E, mesmo assim, se depois de contemplar a situação você conclui de que é inaceitável, talvez seja melhor explorar suas opções com muita calma e compaixão. E, com certeza encontrará uma saída!

Paz para todos!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, December 23, 2010

... Que a Vossa vontade se faça em mim, Senhor!

Para refletir nesta época Natalina, uma linda prece...


Senhor,

É chegado o momento em que o meu espírito cansado das lutas se debruça em êxtase ante o incomensurável.

Senhor, sei que sou pequeno, porém o Vosso Poder é tão imenso que minha alma se rejubila na Vossa Grandeza.

Fazei de mim um servo humilde, para vos compreender e para vos amar. Colocai no meu coração a solução dos sentimentos puros de cordialidade, de fraternidade e de humildade.

Senhor, fazei que o silêncio demore em mim como um consolo e um conforto. Dai compreensão àqueles que vivem comigo, para que minha alma cansada de sofrer, busque no caminho perene do amor, o abrigo para as minhas emoções.

Senhor, sei que o mundo nada me oferece, porém levantai os meus sentimentos para que eu busque em Vós, fonte perene do saber a solução para minhas caminhadas pelas estradas batidas de imcompreensões humanas, de lama e holocausto.

Senhor, amparai a minha consciência para que eu possa viver em Vós e sobretudo, Senhor, colocai nela o senso de responsabilidade, mesmo nas adversidades, para que vivendo e sofrendo neste amálgama de imcompreenções, eu possa vos servir, sem sofismas ou equívocos.

Senhor, que a Vossa vontade se faça em mim! que a Vossa vontade se faça em mim, Senhor.

Amém.


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, December 20, 2010

Então é Natal...

Então é Natal... E como é Natal, eu gostaria de compartilhar com vocês da história de Ana Beatriz.

Vocês sabem quem é Ana Beatriz? Não?! Pois eu sei e vou contar a história dela para vocês, aproveitando que é Natal e essa história tem muito a ver com o que deveria ser revisto e reflexionado por nós, inicialmente dentro do espírito natalino, e de aí, por toda uma vida.

Eu já a havia visto muitas vezes nas aulas de atletismo do clube onde levo minha filha também para o atletismo e natação.

Além das aulas de atletismo normais como as de Carmencita, o clube também oferece aulas para pessoas com incapacidades físicas ou mentais, com um professor especializado e é lindo ver como Ana Beatriz corre, faz estiramentos, salta, tenta cruzar barreiras, obviamente dentro de suas limitações.

Juntamente a Ana Beatriz, estão Carlitos, Luciana, Andrés, Mariita e Júlia, sendo que Ana Beatriz é a única dentre eles que não é portadora de Síndrome de Down. Então, se não tem Síndrome de Down, qual seria o problema de Ana Beatriz, uma menina de olhar penetrante, sorriso lindo e uma alegria contagiante?

Vejam só... somente há poucos dias soube que Ana Beatriz foi gerada com muita alegria, dentro de uma gravidez absolutamente normal, em uma família rica, muito esperada e desejada por seus pais.

Até aí a história não tem nada de diferente da maioria das histórias que conhecemos. As diferenças, no entanto, começam a partir do momento do seu nascimento. Por complicações que não saberia dizer quais foram, há 20 anos, na hora em que Ana Beatriz nasceu, ela, que era "normal" até aquele instante, sofreu alguma complicação séria e pela demora na atenção médica, sofreu uma paralisia cerebral em 90%, de caráter irreversível.

A partir daquele momento, Ana Beatriz que tinha tudo para viver um conto de fadas em sua vida, teve seu destino traçado da forma mais triste para um ser humano: o desprezo e o abandono.

Ao vê-la "deficiente mental" o pai, um homem de alta sociedade para quem o padrão de "beleza e normalidade" é o que há de mais importante na vida, revelou, imediatamente, o seu desejo em se divorciar da mãe de Ana Beatriz, que não pode dar-lhe uma filha saudável.

Embora nunca tenha deixado, durante estes 20 anos, de ajudar a Ana Beatriz financeiramente, o pai nunca voltou a vê-la, nem sequer deseja saber como está. Triste, não? Pois é! Mas o pior ainda estava por vir.

Junto com o desprezo do pai, veio o desprezo da família paterna, que igualmente nunca voltou a ver esta menina tão linda, dona do sorriso mais lindo que já tive a oportunidade de ver em toda minha vida. E com isso Ana Beatriz se criou ao lado da mãe e um irmão dois anos mais velho que ela.

Tudo na vida de Ana Beatriz ia supostamente bem, dentro de suas limitações, até que há 6 anos a mãe foi diagnosticada com câncer, já em estado avançado. Chamaram para cuidá-la a Maria, uma enfermeira que, coincidentemente (aliás, coincidências deste tipo não existem na realidade) era especialista não somente no cuidado de adultos, mas também, e principalmente, no cuidado de crianças com necessidades especiais.

Maria cuidou da mãe de Ana Beatriz durante um ano e para a tristeza de todos, um ano depois a mãe de Ana Beatriz não pode suportar e lutar contra a doença e faleceu. Não antes de pedir a Maria que "por amor a Deus" nunca abandonasse a sua filha.

Com a morte da mãe, o pai se responsabilizou pela criação do irmão mais velho de Ana Beatriz (já que este filho era normal), afastando-o de uma vez por todas da vida deste ser humano que desde seu nascimento conheceu unicamente o abandono por parte dos que a deveriam amar. Também com a ausência da mãe, veio a ausência (desta vez definitiva) da família materna.

A família, símbolo principal de união. A família, criada por Deus para ser o apoio em nossas vidas, nosso pilar e nosso norte. Essa mesma família, foi a responsável pela maior tristeza na vida de um ser humano que nada fez para ser tão desprezado, a não ser o fato de não estar dentro dos padrões de "normalidade" impostos pela sociedade.

E é assim que desde os 15 anos, essa pobre menina rica vive, por assim dizer, sozinha no mundo. Abandonada pelo pai, pelo irmão e pela família, afastada de sua mãe pelas mãos do Criador, vivendo em uma casa bonita, mobiliada exclusivamente para suas necessidades, uma conta bancária invejável; no entanto, acompanhada unicamente de Maria, a enfermeira a quem ela ama como se fosse sua própria mãe, a profissional que deixou de sê-lo para se transformar na companhia inseparável de Ana Beatriz, chorando com suas tristezas, sorrindo com suas alegrias, dedicando-se a ela como a uma verdadeira filha, dando a Ana Beatriz o que todo o seu dinheiro nunca conseguiu comprar, AMOR.

Essa é Ana Beatriz. Deficiente mental, 20 anos (e idade mental de 4), linda (por dentro e por fora), alegre, ladra de corações (sim, porque temos nosso coração roubado por seu carinho no momento imediato a conhecê-la), rica e solitária.

E essa é Maria. Enfermeira, solteira, 45 anos, sem filhos biológicos, expressão máxima do AMOR INCONDICIONAL. Um exemplo de vida e amor ao próximo!

Então, como é Natal, época dedicada ao AMOR, deixo esta mensagem para que possamos refletir no que realmente deve ter valor em nossas vidas.

Essa é uma história verídica, vivida e ouvida por mim, Carmem L Vilanova, que as conheço e por quem tenho um carinho e um respeito imenso.

Que o espírito de AMOR de D. Maria seja o que impere em nossas vidas a partir de hoje e que a alegria e vontade de viver de Ana Beatriz sejam nossas companheiras inseparáveis.

FELIZ NATAL A TODOS!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

PS: Esta postagem é parte do Concurso Literário: "Então é Natal", promovido pelo nosso querido Espaço Aberto, do qual participo com enorme carinho e gratidão.



-------------------------------
-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Sunday, December 19, 2010

Espírito em Oração



"Alguns pensamentos são como orações. E nestes momentos, não importa qual seja a atitude do seu corpo, seu espírito estará de joelhos".

(Victor Hugo)

-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Friday, December 17, 2010

Deus Sabe



"Eu vivo para agradecer a Deus porque nem todas minhas preces foram atendidas".

Jean Ingilow


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, December 15, 2010

O Poder Curativo da Oração



"Rezar pode não regar sua plantação, ou consertar uma ponte quebrada, ou recontruir uma cidade em ruínas; mas a oração pode regar uma alma árida, consertar um coração partido, ou reconstruir um sentimento arruinado".

Abraham Joshua Heschel


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, December 13, 2010

Pratique Paciência



"A melhor oração é a paciência"

(Buda)


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Saturday, December 11, 2010

... depende de você...



"Reze como se tudo dependesse de Deus.
Trabalhe como se tudo dependesse de você"


(Santo Agostinho)


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, December 09, 2010

Pratique o Desapego



A vida é cheia de oportunidades para a prática do desapego.

Comece com pequenas situações: perder um anel, um pneu furado, um filho mal criado. Nestas ocasiões, respire fundo e monitore seus pensamentos.

Se você está com raiva ou frustrado, não finja que se sente bem. No entanto, observe suas próprias emoções e então veja como livrar-se delas começando com um suspiro profundo.

Para muitas pessoas, rezar ajuda a sentir-se melhor. Assim, seja qual for a sua opção para que se sinta melhor, desapegue-se de seus problemas e isso lhe trará um alívio enorme.

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Tuesday, December 07, 2010

Cultive Otimismo



Monitore seus pensamentos negativos e encontre motivos para fugir deles.

Esqueça a palavra "nunca" e apague-a de seus pensamentos e seu dicionário. Só porque uma coisa não saiu como deveria da vez passada, não significa que não funcionará na próxima.

Porém, no lugar de simplesmente repetir afirmações positivas no intuito de melhorar, comece a AGIR positivamente e encontrar formas de seguir assim, sempre e sempre mais.

Cultivar o otimismo é um excelente começo para mudar aquilo que está a seu alcance, e também de aceitar o que não pode ser mudado. E mais, compreender a diferença entre as duas situações e ter respeito por si próprio!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Sunday, December 05, 2010

Aprenda com seus Erros


Todos cometemos erros, mas a maioria de nós perde muita energia brigando com nosso eu interno e ocupando-se em culpas.

Embora os psicógolos não coincidem com uma única definição de sabedoria, todos concordam que uma das qualidades das pessoas sábias é a capacidade de aprender a partir dos próprios erros.

Quando as coisas não acontecem da forma como desejamos, em lugar de enfocar-nos no que saiu errado ou no que outra pessoa fez para que tudo saisse errado para nós, pensemos sobre o que poderemos fazer diferente da próxima vez.

E tudo sairá perfeitamente bem!!! Acredite!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Friday, December 03, 2010

Conheça-se a Si Mesmo


Muitas tradições espiritualistas ensinam conhecer-se a si mesmo como sendo uma conquista para toda uma vida, e esta é, sem sombra de dúvida a melhor maneira de ajudá-lo a sentir mais paz consigo mesmo e com os demais.

Passar um tempo sozinho, caminhando pelo campo, meditando, ou mesmo escrevendo, pode colocá-lo em contato com que realmente passa dentro de você. Quando você conhece seus sentimentos, você pode fazer escolhas conscientes sobre o que aceitar em sua vida e o que necessita de mudança, em vez de deixar-se conduzir por sentimentos inconscientes.

Comece hoje mesmo a ter uma conversa mais íntima consigo mesmo e verá que sua vida será muito mais feliz!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, December 01, 2010

Sabedoria para Distinguir as Diferenças


A maioria de nós conhece e ama a Oração da Serenidade:

"Senhor, dá-me Serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar,
Coragem para mudar as que eu posso,
E Sabedoria para distinguir uma da outra".


Muitos de nós, no entanto, gastamos quase todo nosso tempo ansiosos sobre as coisas que não podemos mudar: a economia, o clima, o tráfico, as pessoas que nos incomodam. Como resultado, não temos suficiente energia para realizar oportunamente aquelas que sim, podemos mudar. Reconhecer a diferença entre o que pode ou não ser mudado, com certeza nos ajudará a viver mais pacificamente e de forma mais produtiva.

Sejamos sábios!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, November 29, 2010

Para refletir...

Quando você era bem pequeno...


...eles gastavam horas lhe ensinando a usar talheres nas refeições...


... ensinando você a se vestir, amarrar os cadarços dos sapatos, fechar os
botões da camisa..


Limpando-o quando você sujava suas fraldas, lhe ensinando a lavar o rosto, a se
banhar a pentear seus cabelos...




...lhe ensinando valores humanos...



Por isso...


...quando eles ficarem velhos um dia...e seria bom que todos pudessem chegar até



...quando eles começarem a ficar mais esquecidos e demorarem a responder...


...não se chateie com eles...


...quando eles começarem a esquecer de fechar botões da camisa, de amarrar
cadarços de sapato...

...quando eles começarem a se sujar nas refeições...


...quando as mãos deles começarem a tremer enquanto penteiam os cabelos...


...por favor, não os apresse...porque você está crescendo aos poucos, e eles
envelhecendo...

...basta sua presença... sua paciência... sua generosidade... sua retribuição...


...para que os corações deles fiquem aquecidos...


...se um dia eles não conseguirem se equilibrar ou caminhar direito...


...segure firme as mãos deles e os acompanhe bem devagar
respeitando o ritmo deles durante a caminhada...
da mesma forma como eles respeitaram o seu ritmo
quando lhe ensinaram a andar...


fique perto dêles...assim como...


...eles sempre estiveram presentes em sua vida,
sofrendo por você...
torcendo por você...

e vivendo "POR VOCÊ"

(Recebido por email - desconheço o autor)


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Saturday, November 27, 2010

Amar...


Amar significa nunca ter que perdir perdão

(do Filme Love Story - 1970)


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, November 25, 2010

Oração do Milho

Senhor, nada valho.
Sou a planta humilde dos quintais pequenos e das lavouras pobres,
 

Meu grão, perdido por acaso,
Nasce e cresce na terra descuidada.
Ponho folhas e haste, e se me ajudardes, Senhor, mesmo planta
De acaso, solitária,
dou espigas e devolvo em muitos grãos
o grão perdido inicial, salvo por milagre, que a terra fecundou.
Sou a planta primária da lavoura.
Não me pertence a hierarquia tradicional do trigo
E de mim não se faz o pão alvo universal.
O justo não me consagrou Pão de Vida, nem lugar me foi dado nos altares.
Sou apenas o alimento forte e substancial dos que
Trabalham a terra, onde não vinga o trigo nobre.
Sou de origem obscura e de ascendência pobre,
Alimento de rústicos e animais do jugo.


Quando os deuses da Hélade corriam pelos bosques,
Coroados de rosas e de espigas,
Quando os hebreus iam em longas caravanas
Buscar na terra do Egito o trigo dos faraós,
Quando Rute respigava cantando nas searas do Booz
E Jesus abençoava os trigais maduros,
Eu era apenas o bró nativo das tabas ameríndias.
Fui o angu pesado e constante do escravo na exaustão do eito.
Sou a broa grosseira e modesta do pequeno sitiante.
Sou a farinha econômica do proletário.
Sou a polenta do imigrante e a miga dos que começam a vida em terra estranha.
Alimento de porcos e do triste mu de carga.
O que me planta não levanta comércio, nem avantaja dinheiro.
Sou apenas a fartura generosa e despreocupada dos paióis.
Sou o cocho abastecido donde rumina o gado.
Sou o canto festivo dos galos na glória do dia que amanhece.
Sou o cacarejo alegre das poedeiras à volta dos seus ninhos.
Sou a pobreza vegetal agradecida a Vós, Senhor,
Que me fizestes necessário e humilde.
Sou o milho.
Cora Coralina


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Tuesday, November 23, 2010

Pense...


"Discutir para expor pontos de vista só é válido quando há respeito pela diferença e individualidade do outro".

(Eugênio Mussak)


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Sunday, November 21, 2010

Campanha Blogueira Educada



Por meus passeios na blogosfera há alguns dias, encontrei no blog de minha amiga Uni ver sos uma campanha interessantíssima que ela, por sua vez, havia visto no site da Flávia (Compartilhando Idéias) e achei por bem publicar aqui também.

Nestes meus mais de 6 anos de vida blogsférica, já vi de tudo um pouco, mas há algo que ainda hoje persiste em algumas visitas que recebemos: a falta de respeito!

Como a Flávia comentou no blog dela, a falta de respeito pode vir disfarçada de várias formas, entre elas estão situações como: usar palavras inadequadas, fingir que leu o texto sem haver lido, simplesmente usar o Ctrl+C-Ctrl+V para comentários massivos, não responder a comentários recebidos (esse pecado eu ainda cometo e peço perdão publicamente aos meus amigos), tomar posse de artigos publicados em outros blogs como se fossem próprios e não colocar referências, etc, etc, etc, e por aí vai uma lista infindável que sabemos que todos nós (alguns mais, outros menos) acabamos por cometer e isso é um fato!!!

É certo que em alguns momentos não podemos fazer as visitas que gostaríamos, nem os comentários que gostaríamos, neste caso, melhor seria, então, deixar simplesmente "beijos, flores e sorrisos", como forma de dizer "ei, eu estava com saudades e vim-lhe ver... voltarei com mais tempo depois"... e... voltar!!!

Vamos passar o respeito a diante, meu queridos!

Acredito que vale a pena!

Beijos, flores e muitos sorrisos!


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Friday, November 19, 2010

Reflexão...

Pic from here

"O Ocidente padece de uma crise moral que se manifesta, por exemplo, pelo excessivo individualismo e pela violência que se alimenta da pouca importância que se dá ao outro, considerando muitas vezes apenas como um degrau para se obter algum prazer".

(Yves de la Taille)


-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, November 17, 2010

CALEM A BOCA, NORDESTINOS!

Porque sou Nordestina de nascimento, e CentroOestina (???) de criação e coração...
Porque aprendi a respeitar a um e a outro...
Porque aprendi que não diferença de cor, credo, sotaque e-ou política, senão diferenças de CORAÇÃO...
Porque aprendi que somos todos IGUAIS perante a Vida!
Porque aprendi que respeito vem de berço...
Por tudo isso, não vou calar... NUNCA!



--------------------------------------

CALEM A BOCA, NORDESTINOS!

- Por José Barbosa Junior -

 A eleição de Dilma Rousseff trouxe à tona, entre muitas outras coisas, o que há de pior no Brasil em relação os preconceitos.
Sejam eles religiosos, partidários, regionais, foram lançados à luz de maneira violenta, sádica e contraditória.

Já escrevi sobre os preconceitos religiosos em outros textos e a cada dia me envergonho mais do povo que se diz evangélico (do qual faço parte) e dos pilantras profissionais de púlpito, como Silas Malafaia, Renê Terra Nova e outros, que se venderam de forma absurda aos seus candidatos. E que fique bem claro: não os cito por terem apoiado o Serra... outros pastores se venderam vergonhosamente para apoiarem a candidata petista. A luta pelo poder ainda é a maior no meio do baixo-evangelicismo brasileiro.

Mas o que me motivou a escrever este texto foi a celeuma causada na internet, que extrapolou a rede mundial de computadores, pelas declarações da paulista, estudante de Direito, Mayara Petruso, alavancada por uma declaração no  twitter:

 "Nordestino não é gente. Faça um favor a SP, mate um nordestino afogado!".

Infelizmente, Mayara não foi a única. Vários outros ?brasileiros? também passaram a agredir os nordestinos, revoltados com o resultado final das eleições, que elegeu a primeira mulher presidentE ou presidentA (sim, fui corrigido por muitos e convencido pelos "amigos" Houaiss e Aurélio) do nosso País.

E fiquei a pensar nas verdades ditas por estes jovens, tão emocionados em suas declarações contra os nordestinos. Eles têm razão!

Os nordestinos devem ficar quietos! Cale a boca, povo do Nordeste!
Que coisas boas vocês têm pra oferecer ao resto do país?
Ou vocês pensam que são os bons só porque deram à literatura brasileira nomes como o do alagoano Graciliano Ramos, dos paraibanos José Lins do Rego e Ariano Suassuna, dos pernambucanos João Cabral de Melo Neto e Manuel Bandeira, ou então dos cearenses José de Alencar e a maravilhosa Rachel de Queiroz?

Só porque o Maranhão nos deu Gonçalves Dias, Aluisio Azevedo, Arthur Azevedo, Ferreira Gullar, José Louzeiro e Josué Montello, e o Ceará nos presenteou com José de Alencar e Patativa do Assaré e a Bahia em seus encantos nos deu como herança Jorge Amado, vocês pensam que podem
tudo?

Isso sem falar no humor brasileiro, de quem sugamos de vocês os talentos do genial Chico Anysio, do eterno trapalhão Renato Aragão, de Tom Cavalcante e até mesmo do palhaço Tiririca, que foi eleito o deputado federal mais votado pelos... pasmem... PAULISTAS!!!

E já que está na moda o cinema brasileiro, ainda poderia falar de atores como os cearenses José Wilker, Luiza Tomé, Milton Moraes e Emiliano Queiróz, o inesquecível Dirceu Borboleta, ou ainda do paraibano José Dumont ou de Marco Nanini, pernambucano.

Ah! E ainda os baianos Lázaro Ramos e Wagner Moura, que será eternizado pelo ?carioca? Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, 1 e 2.
Música? Não, vocês nordestinos não poderiam ter coisa boa a nos oferecer, povo analfabeto e sem cultura...

Ou pensam que teremos que aceitar vocês por causa da aterradora simplicidade e majestade de Luiz Gonzaga, o rei do baião? Ou das lindas canções de Nando Cordel e dos seus conterrâneos pernambucanos Alceu Valença, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Lenine?

 Isso sem falar nos paraibanos Zé e Elba Ramalho e do cearense Fagner...
E não poderia deixar de lembrar também da genial família Caymmi e suas melodias doces e baianas a embalar dias e noites repletas de poesia...

Ah! Nordestinos...

Além de tudo isso, vocês ainda resistiram à escravatura? E foi daí que nasceu o mais famoso quilombo, símbolo da resistência dos negros á força opressora do branco que sabe o que é melhor para o nosso país?

Por que vocês foram nos dar Zumbi dos Palmares? Só para marcar mais um ponto na sofrida e linda  história do seu povo?

Um conselho, pobres nordestinos. Vocês deveriam aprender conosco, povo civilizado do sul e sudeste do Brasil. Nós, sim, temos coisas boas a lhes ensinar.

Por que não aprendem conosco os batidões do funk carioca? Deveriam aprender e ver as suas meninas dançarem até o chão, sendo carinhosamente chamadas de ?cachorras?. Além disso, deveriam aprender também muito da poesia estética e musical de Tati Quebra-Barraco, Latino e Kelly Key. Sim, porque melhor que a asa branca bater asas e voar, é ter festa no apê e rolar bundalelê!

Por que não aprendem do pagode gostoso de Netinho de Paula? E ainda poderiam levar suas meninas para ?um dia de princesa? (se não apanharem no caminho)! Ou então o rock melódico e poético de Supla!
Vocês adorariam!!!

Mas se não quiserem, podemos pedir ao pessoal aqui do lado, do Mato Grosso do Sul, que lhes exporte o sertanejo universitário... coisa da melhor qualidade!

Ah! E sem falar numa coisa que vocês tem que aprender conosco, povo civilizado, branco e intelectualizado: explorar bem o trabalho infantil! Vocês não sabem, mas na verdade não está em jogo se é ou não trabalho infantil (isso pouco vale pra justiça), o que importa mesmo é o QUANTO esse trabalho infantil vai render.

Ou vocês não perceberam ainda que suas crianças não podem trabalhar nas plantações, nas roças, etc. porque isso as afasta da escola e é um trabalho horroroso e sujo, mas na verdade, é porque ganha pouco. Bom mesmo é a menina deixar de estudar pra ser modelo e sustentar os pais, ou ser atriz mirim ou cantora e ter a sua vida totalmente modificada, mesmo que não tenha estrutura psicológica pra isso... mas o que importa mesmo é que vão encher o bolso e nunca precisarão de Bolsa-família, daí, é fácil criticar quem precisa!

Minha mensagem então é essa: - Calem a boca, nordestinos!

Calem a boca, porque vocês não precisam se rebaixar e tentar responder a tantos absurdos de gente que não entende o que é, mesmo sendo abandonado por tantos anos pelo próprio país, vocês tirarem tanta beleza e poesia das mãos calejadas e das peles ressecadas de sol a sol.

Calem a boca, e deixem quem não tem nada pra dizer jogar suas palavras ao vento. Não deixem que isso os tire de sua posição majestosa na construção desse povo maravilhoso, de tantas cores, sotaques, religiões e gentes.

Calem a boca, porque a história desse país responderá por si mesma a importância e a contribuição que vocês nos legaram, seja na literatura, na música, nas artes cênicas ou em quaisquer situações em que a força do seu povo falou mais alto e fez valer a máxima do escritor: ?O sertanejo é, antes de tudo, um forte!?

Que o Deus de todos os povos, raças, tribos e nações, os abençoe, queridos irmãos nordestinos!

José Barbosa Junior, na madrugada de 03 de novembro de 2010.

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Saturday, November 13, 2010

A sensatez de Herbert Vianna

Até que enfim alguém falou algo sensato neste planeta...

--------------------------

Cirurgia de lipoaspiração? Pelo amor de Deus eu não quero usar nada nem ninguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas ninguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração?

Uma coisa é saúde, outra é obssessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje, Deus é a autoimagem. Religião, é dieta. Fé, só na estética. Ritual é malhação.

Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor é ridículo, sentimento é bobagem.

Gordura é pecado mortal. Ruga é contravenção. Roubar pode, envelhecer não. Estria é caso de polícia. Celulite é falta de educação. Filho da puta bem sucedido é exemplo de sucesso.

A máxima moderna é uma só: pagando bem, que mal tem?

A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não pensa em mais nada além da imagem, imagem, imagem. Imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.

Não importa o outro, o coletivo. Jovens não têm mais fé, nem idealismo, nem posição política. Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.

Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar, correr, viver muito, ter uma aparência legal, mas...

Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de jovens lipoaspirados, turbinados, aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser. Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude.

Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.

"Cuide bem do seu amor, seja ele quem for".

(Herbert Vianna)


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, November 11, 2010

Da Série: "O Amor é Outra Coisa" - parte 1

O amor não é algo que o faz sair do chão e o transporta para lugares que você nunca viu. O nome disso é avião. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que você esconde dentro de si e não mostra para ninguém. Isso se chama vibrador tailandês de três velocidades. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que te faz perder a respiração e a fala. O nome disso é bronquite asmática.
O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que chega de repente e o transforma em refém. Isso se chama sequestrador.
O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que voa alto no céu e deixa sua marca por onde passa. Isso se chama pombo com caganeira. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que você pode prender ou botar pra fora de casa quando bem entender. Isso se chama cachorro. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa cinza que lançou uma luz sobre ti, o levou para ver as estrelas e o trouxe de volta com algo dele dentro de você. Isso se chama alienígena. O amor é outra coisa.

O amor não te deixa eternamente ligado a uma pessoa. O nome disso é gravidez. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que desapareceu e que, se encontrado, poderia mudar o que está diante de você. Isso se chama controle remoto da TV. O amor é outra coisa.

O amor não faz você vestir as melhores roupas e sapatos. O nome disso é entrevista de emprego.
O amor é outra coisa.

O amor não nos faz perder a noção do tempo. O nome disso é horário de verão. O amor é outra coisa.

O amor não faz você chorar sem motivos. O nome disso é cebola. O amor é outra coisa.

O amor não te leva por caminhos tortuosos e te assusta de vez em quando. O nome disso é trem fantasma.
O amor é outra coisa.

O amor não te enche de flores. O nome disso é funeral. O amor é outra coisa.

O amor não renova suas energias e cura seus males. O nome disso é Cogumelo do Sol. O amor é outra coisa.

O amor não faz você se sentir sempre acompanhado. O nome disso é encosto. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que o espreita todas as noites nas ruas escuras da cidade. O nome disso é Batman.
O amor é outra coisa.

O amor não dá um norte na sua vida. O nome disso é bússola. O amor é outra coisa.

O amor não faz você passar horas conversando no telefone. O nome disso é promoção da TIM. O amor é outra coisa.

Tuesday, November 09, 2010

Nova Versão do Dicionário Aurélio

Versão atualizadíssima... hehehehe...

AURÉLIO

Testículo..........................Texto pequeno
Diabetes..........................Dançarinas do diabo
Abismado........................Aquele que caiu num abismo
Pressupor........................Colocar preço em algo
Missão............................Missa prolongada
Padrão............................Padre muito alto
Estouro...........................Touro que virou boi
Democracia.....................Sistema de governo do inferno
Barracão.........................Proíbe a entrada de cachorros
Homossexual...................Sabão para partes íntimas
Ministério........................Pequeno aparelho de som
Edifício............................Antônimo de 'é fácil'
Detergente.......................Ato de prender humanos
Armarinho........................Vento que vem do mar
Eficiência.........................Estudo das propriedades do 'F'
Conversão.......................Papo prolongado
Barganhar........................Receber de herança um bar
Fluxograma......................Direção em que cresce o capim
Halogênio........................Cumprimento a um gênio
Expedidor.......................Antigo mendigo
Luz solar.........................Sapato com luz na sola
Cleptomaníaco................Fã de Eric Clapton
Tripulante........................Especialista em salto triplo
Aspirado.........................Carta de baralho maluca
Coitado...........................Vítima de coito
Cerveja...........................O sonho de toda revista
Regime militar..................Dieta feita no exército
Bimestre..........................Mestre em duas artes marciais
Caçador.........................Quem procura ter dor
Volátil.............................Avisa ao tio que vai lá
Assaltante........................Um 'A' que salta
Determine.....................Prender a namorada do Mickey
Pornográfico..................O mesmo que por no desenho
Coordenada....................Que não tem cor
Presidiário...................Que é preso todos OS dias
Ratificar.....................Tornar-se um rato
Suburbanos....................Habitantes de túneis do metrô
Violentamente.................Viu bem devagar
Contribuir.....................Ir com vários índios

Só prá descontrair um pouco! :o)

Beijos, flores e muitos sorrisos!

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Sunday, November 07, 2010

Saboreie Cada Momento Vivido

Pic from Gettyimages

Cada momento em nossas vidas, é uma bênção. Saboreie e viva da melhor forma.

Mesmo em momentos difíceis, respire profundamente, concentre-se em si mesmo e então perceba que o fato de estar vivo, as possibilidades de novas descobertas a apreciação da conexão-relação humana com os demais, faz valer a pena.

Pense nisso!

Uma linda semana para todos!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

-------------------------------
-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Friday, November 05, 2010

Nem Jesus aguentaria ser professor nos dias de hoje.....

Nessa nem o pobre Jesus escapou... :o)


Nem Jesus aguentaria ser professor nos dias de hoje.....

 O Sermão da montanha 
(*versão para educadores*)


Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.
Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.
Tomando a palavra, disse-lhes:

 - “Em verdade, em verdade vos digo:
 Felizes os pobres de espírito, porque  deles é o reino dos céus.
 Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque  serão saciados.
 Felizes os misericordiosos, porque eles...”

Pedro o interrompeu:
 - Mestre, vamos ter que saber isso de cor?

 André perguntou:
- É pra copiar?

 Filipe lamentou-se:
- Esqueci meu papiro!

 Bartolomeu quis saber:
 - Vai cair na prova?

 João levantou a mão:
 - Posso ir ao banheiro?

 Judas Iscariotes resmungou:
 - O que é que a gente vai ganhar com isso?

 Judas Tadeu defendeu-se:
- Foi o outro Judas que perguntou!

 Tomé questionou:
- Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?

 Tiago Maior indagou:
 - Vai valer nota?

 Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.

 Simão Zelote gritou, nervoso:
 - Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?

  Mateus queixou-se:
 - Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!

 Um dos fariseus,
que nunca tinha estado diante de uma multidão
nem ensinado  nada a ninguém,
tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:

 - Isso que o senhor está fazendo é uma aula?
Onde está o seu plano de curso e a avaliação diagnóstica?
Quais são os objetivos gerais e específicos?
Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?

 Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas?
E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais?
Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?

Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:

 - Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas
e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos
para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade.
Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto.
E vê lá se não vai reprovar alguém!
Lembre-se que você ainda não é professor titular... 


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, November 03, 2010

Avisos Encontrados em uma Paróquia de Minas Gerais

São avisos fixados nas portas de igrejas, todos eles reais, escritos
com muito boa vontade e má redação... Divirtam-se!!!


AVISO AOS PAROQUIANOS
Para todos os que tenham filhos e não sabem, temos na paróquia uma área
especial para crianças.

AVISO AOS PAROQUIANOS
Quinta-feira que vem, às cinco da tarde, haverá uma reunião do grupo de
mães. Todas as senhoras que desejem formar parte das mães, devem
dirigir-se ao escritório do pároco.

AVISO AOS PAROQUIANOS
Interessados em participar do grupo de planejamento familiar, entrem
pela porta de trás.

AVISO AOS PAROQUIANOS
Na sexta-feira às sete, os meninos do Oratório farão uma representação
da obra Hamlet, de Shakespeare, no salão da igreja. Toda a comunidade
está convidada para tomar parte nesta tragédia.

AVISO AOS PAROQUIANOS
Prezadas senhoras, não esqueçam a próxima venda para beneficência. É uma
boa ocasião para se livrar das coisas inúteis que há na sua casa. Tragam
os seus maridos!

AVISO AOS PAROQUIANOS
Assunto da catequese de hoje: Jesus caminha sobre as águas.
Assunto da catequese de amanhã: Em busca de Jesus.

AVISO AOS PAROQUIANOS
O coro dos maiores de sessenta anos vai ser suspenso durante o verão,
com o agradecimento de toda a paróquia.

AVISO AOS PAROQUIANOS
O mês de novembro finalizará com uma missa cantada por todos os defuntos
da paróquia..

AVISO AOS PAROQUIANOS
O torneio de basquete das paróquias vai continuar com o jogo da próxima
quarta-feira. Venham nos aplaudir, vamos tentar derrotar o Cristo Rei!

AVISO AOS PAROQUIANOS
O preço do curso sobre Oração e Jejum não inclui a comida.

AVISO AOS PAROQUIANOS
Por favor, coloquem suas esmolas no envelope, junto com os defuntos que
desejem que sejam lembrados.



Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, November 01, 2010

Casamento... para refletir!

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.

De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente  perguntou em voz baixa: "Por quê?"

Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim  a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.

Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.

Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.

No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.

Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.

Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possivel. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para prepar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.

Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.

Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a idéia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio" ,disse  Jane em tom de gozação.

Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio" Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.

No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.

No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.

No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.

Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.

A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração..... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.

Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse "Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mão todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de idéia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.

Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: "Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo".

Eu não consegui dirigir para o trabalho.... fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia...Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar".

Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe.

A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouví-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.

Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi:  "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe".

Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama - morta.

Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando há vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.

Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento.. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco.. Estes bens criam um ambiente propício a felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!

(Desconheço o autor)

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Saturday, October 30, 2010

Amor

O Amor move o mundo, mas tudo começa em você. Se você quer que os outros o tratem bem, comece a tratar-se bem primeiro. Se você busca o amor de outro, apaixone-se por si mesmo primeiramente.

Sempre que necessite de um pequeno incremento em sua autoestima, leia textos inspiracionais e motivacionais. De fato, repita seus textos favoritos várias vezes ao dia, diante do espelho, no computador. Isso o ajudará a honrar-se a si mesmo.




Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, October 28, 2010

Sexo Seguro nos Dias de Hoje

Conselhos para os homens

Conselhos de um advogado especialista na área

Você se lembra do tempo em que “sexo seguro” significava usar camisinha para evitar doenças sexualmente transmissíveis e gravidez?

Esqueça. Os bons tempos terminaram. Confira aqui as dicas para sexo seguro que um homem deve observar no maravilhoso mundo feminista moderno.

A coisa está ficando assim: sabe aquela gatinha que você conheceu na balada, que deu a maior mole, você convidou para um motel e ela topou? Vamos lá.

Primeiro leve a garota à uma emergência hospitalar e solicite um teste de dosagem de álcool e outros entorpecentes, para evitar acusação de posse sexual mediante fraude. (Art. 215 CPB)

Depois passe com ela em um cartório e exija que ela registre uma declaração de que está praticando sexo consensual, para evitar acusação de estupro. (Art. 213 CPB)

Exija também o registro de uma declaração de que ela está praticando sexo casual, paraevitar pedido de pensão por rompimento de relação estável. (Lei 9.278, Art. 7)

Depois vá a um laboratório e exija o exame de beta-HCG (gonadotrofina coriônica humana) para ter certeza que você não é o pato escolhido para sustentá-la na gravidez de um bebê que não é seu. (Lei 11.804 Art. 6)

No motel ou em casa, use camisinha e nada de “sexo forte” pra evitar acusações de violência doméstica e pegar uma Maria da Penha nas costas.

Além disso, você deve paparicá-las, elogiá-las, jamais criticá-las ou reclamar coisa alguma, devem ser perfeitos capachos, para não causar qualquer "sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral”, sem que tenha obviamente os mesmos direitos em contrapartida. (Lei 11.340 Art. 5)

Na saída do motel leve-a ao Instituto Médico Legal e exija um exame de corpo de delito, com expedição de laudo negativo para lesões corporais (Art. 129 CPB) e negativo para presença de esperma na vagina, para TENTAR evitar desembolsar nove meses de bolsa-barriga caso ela saia dali e engravide de outro (Lei 11.804 Art. 6).

Finalmente, se houver presença de esperma na vagina da moça, exija imediatamente uma coleta de amostra para futura investigação de paternidade (Lei 1.060 Art. 3 inciso VI) e solicitação de restituição de eventuais pensões alimentícias obtidas mediante ardil ou fraude. (Art. 171 CPB)

Fazendo tudo isso, TALVEZ você possa fazer “sexo seguro”… Se ainda estiver interessado.

(Recebida por email, desconheço autoria)


Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Tuesday, October 26, 2010

A Marca do Amor

Um menino tinha uma cicatriz no rosto, as pessoas de seu colégio não falavam com ele e nem sentavam ao seu lado, na realidade quando os colegas de seu colégio o viam franziam a testa devido à cicatriz ser muito feia.

Então a turma se reuniu com o professor e foi sugerido que aquele menino da cicatriz não freqüentasse mais o colégio, o professor levou o caso à diretoria do colégio.

A diretoria ouviu e chegou à seguinte conclusão:
Que não poderia tirar o menino do colégio, e que conversaria com o menino e ele seria o ultimo a entrar em sala de aula, e o  primeiro a sair, desta forma nenhum aluno via o rosto do menino, a não ser que olhassem para trás.

O professor achou magnífica a idéia da diretoria, sabia que os alunos não olhariam mais para trás.

Levado ao conhecimento do menino da decisão ele prontamente aceitou a imposição do colégio, com uma condição:

Que ele compareceria na frente dos alunos em sala de aula, para dizer o por quê daquela CICATRIZ.

A turma concordou, e no dia o menino entrou em sala dirigiu-se a frente da sala de aula e começou a relatar:

- Sabe turma eu entendo vocês, na realidade esta cicatriz é muito feia, mas foi assim que eu a adquiri:

- Minha mãe era muito pobre e para ajudar na alimentação de casa minha mãe passava roupa para fora, eu tinha por volta de 7 a 8 anos de idade...

A turma estava em silencio atenta a tudo .

O menino continuou: além de mim, haviam mais 3 irmãozinhos, um de 4 anos, outro de 2 anos e uma irmãzinha com apenas alguns dias de vida.

Silêncio total em sala.

-... Foi aí que não sei como, a nossa casa que era muito simples, feita de madeira começou a pegar fogo, minha mãe correu até o quarto em que estávamos pegou meu irmãozinho de 2 anos no colo, eu e meu outro irmão pelas mãos e nos levou para fora, havia muita fumaça, as paredes que eram de madeira, pegavam fogo e estava muito quente...

Minha mãe colocou-me sentado no chão do lado de fora e disse-me para ficar com eles até ela voltar, pois minha mãe tinha que voltar para pegar minha irmãzinha que continuava lá dentro da casa em chama. Só que quando minha mãe tentou entrar na  casa em chamas as pessoas que estavam ali, não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha, eu via minha mãe gritar:

- " Minha filhinha está lá dentro!"

Vi no rosto de minha mãe o desespero, o horror e ela gritava, mas aquelas pessoas não deixaram minha mãe buscar minha irmãzinha...

Foi aí que decidi. Peguei meu irmão de 2 anos que estava em meu colo e o coloquei no colo do meu irmãozinho de 4 anos e disse-lhe que não saísse dali até eu voltar. Saí de entre as pessoas, sem ser notado e quando perceberam eu já tinha entrado na casa. Havia muita fumaça, estava muito quente, mas eu tinha que pegar minha irmãzinha. Eu sabia o quarto em que ela estava.

Quando cheguei lá ela estava enrolada em um lençol e chorava muito... Neste momento vi caindo alguma coisa, então me joguei em cima dela para protegê-la, e aquela coisa quente encostou-se em meu rosto...

A turma estava quieta atenta ao menino e envergonhada então o menino continuou:

- Vocês podem achar esta CICATRIZ feia, mas tem alguém lá em casa que acha linda e todo dia quando chego em casa, ela, a minha irmãzinha me beija porque sabe que é marca de AMOR.

Vários alunos choravam, sem saber o que dizer ou fazer, mas o menino foi para o fundo da classe e imovelmente sentou-se.


* Para você que leu esta história, queria dizer que o mundo está cheio de CICATRIZES. Não falo da CICATRIZ visível mas das cicatrizes que não se vêem, estamos sempre prontos a abrir cicatrizes nas pessoas, seja com palavras ou nossas ações. É tempo de mudar de atitude e ser um ser humano melhor. Vale a pena!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

PS: Recebida por email, desconheço o autor.

Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Sunday, October 24, 2010

Você precisa conhecer Molly....

    Uma história para elevar o coração, sobre a coragem animal


    Esta é Molly. Ela é uma égua salpicada de cinza que
    foi abandonada pelos seus donos quando o furacão
    Katrina atingiu o sul da Louisiana. Ela passou semanas
    perambulando solta antes de finalmente ter sido resgatada e levada
    a uma fazenda onde animais abandonados estavam aglomerados..
    Enquanto esteve lá, ela foi atacada por um cão pitbull terrier
    e quase morreu. Sua pata direita dianteira mordida se
    infecionou, e seu veterinário buscou ajuda na LSU, mas a
    LSU estava sobrecarregada, e esta égua estava abandonada.
    Você sabe como estas coisas são.

    Mas após o cirurgião Rustin Moore encontrar Molly,
    ele mudou de idéia. Ele observou como a égua era cuidadosa
    ao se deitar em lados diferentes para não desenvolver
    feridas, e como ela deixava que as pessoas cuidassem
    dela. Ela protegia sua pata machucada, mudando
    constantemente seu peso para não sobrecarregar
    a pata boa. Ela era um animal inteligente com uma
    grande ética de sobrevivência.

    Moore concordou em amputar sua pata abaixo do joelho,
    e construiram um membro artificial temporário. Molly
    saiu caminhando da clínica e sua história
    realmente começa aqui.

    "Este era o cavalo certo com um dono certo" -
    Moore insiste. Molly foi uma paciente especial.
    Ela era muito resistente, mas ao mesmo tempo doce,
    e tentava colaborar mesmo sentindo dor.
    Ela compreendia que estava em dificuldades. Além do
    mais, conseguiu uma nova dona que realmente se dedicou
    a providenciar os cuidados diários necessários
    por toda a vida do animal.

    A história de Molly tornou-se uma parábola de vida na
    Louisiana pós-Katrina....
    Esta pequena égua ganhou peso e
    sua crina ganhou mãos que a penteasse.
    Um desenhista de prótese humana construiu sua perna.

    O protético deu à Molly uma nova vida,
    diz Dra. Allison Barca, veterinária de Molly.

    E ela pede ajuda. Ela estende sua pata amputada,
    e vem até você pedindo que coloque a prótese
    no lugar. Algumas vezes ela quer que a prótese seja retirada.
    E algumas vezes, Molly se afasta da Dra. Barca
    - Pode ser bem complicado quando você não consegue
    pegar um cavalo de três patas - ela diz rindo.

    O mais importante de tudo - Molly tem um novo trabalho.
    Kay a proprietária da fazenda de resgate
    começou a levar Molly a abrigos, hospitais, asilos e centros de
    reabilitação em qualquer lugar onde ela via que as pessoas
    precisavam de esperança. Aonde Molly ia, ela mostrava às
    pessoas sua pata. Ela inspirava as pessoas e
    se divertia fazendo isso.
    - É óbvio que Molly tem um grande papel a desempenhar
    na vida - Moore disse. Ela sobreviveu ao furacão,
    já sobreviveu a um grave ferimento e agora está
    passando esperança para outras pessoas.
    Dra. Barca concluiu: "Ela ainda não voltou ao normal,
    mas está melhorando cada vez mais... Para mim, ela
    é símbolo de força e coragem."

    Esta é a prótese mais recente de Molly. A foto
    abaixo mostra a face que toca o solo,
    onde uma carinha sorridente foi gravada... Aonde
    Molly for, ela deixa uma pegada de casco sorridente
    no chão.


    Esta é uma mensagem a todos que amam os animais.
    As criaturas de Deus frequentemente refletem
    o temperamento que gostaríamos de ter.










Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Friday, October 22, 2010

Apaixone-se...

Pic from Luso-poemas


Não existe nenhuma necessidade de você aceitar o que não é Amor puro e verdadeiro.
A partir deste momento, apaixone-se e faça unicamente aquilo que lhe encha de Amor total...
Já!

Beijos, flores e muitos sorrisos!

-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Wednesday, October 20, 2010

O pinto do Padre

O  vigário de um vilarejo tinha um pinto como mascote, o Valente.
Certo dia, o pinto Valente desapareceu, e ele achou que alguém o havia roubado.
No dia seguinte, na missa, o vigário perguntou à congregação:

-Algum de vocês aqui tem um pinto?
Todos os homens se levantaram.

-Não, não, disse o vigário, não foi isso que eu quis dizer.
-O que eu quero saber é se algum de vocês viu um pinto?
Todas as mulheres se levantaram..

-Não, não, repetiu o vigário... o que eu quero dizer é se algum de vocês viu um pinto que não lhes pertence.
Metade das mulheres se levantou.

- Não, não, disse o vigário novamente muito atrapalhado.
-Talvez eu possa formular melhor a pergunta:
-O que eu quero saber é se algum de vocês viu o meu pinto?
Todas as freiras se levantaram.

-Deixa pra lá!



Consultório Psicológico Online - Inglês, Espanhol e Português - 24 horas/7 dias na semana
-------------------------------
Viver Integral - Saúde, Alimentação e Bem Estar
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Monday, October 18, 2010

Palavra de Seis Letras



Beleza: uma palavra de seis letras que enlouquece as pessoas. A única beleza que existe é a que trazemos dentro de nós. Não se sinta mal se você não gosta do que vê. Olhe mais adentro e isso é tudo o que você necessita. O externo é secundário, não importa o que os outros digam.

-Anonymous

------------------------------
-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Saturday, October 16, 2010

Confie em seus Sentimentos



Saber que você conhece exatamente o que tem dentro de si é importante. Cheque sua mente e suas emoções e aprenda a confiar em seus sentimentos. Saber aonde você quer ir é o primeiro passo para chegar lá

- Barton Goldsmith

-------------------------------
-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Thursday, October 14, 2010

A Beleza da Bondade



O que é belo nem sempre é bom;
Mas tudo o que é bom, sempre é belo.

-Ninon de L'Enclos

-------------------------------
Para viver bem e melhor... não deixe de visitar

Related Posts with Thumbnails
 
BlogBlogs.Com.Br