Monday, October 19, 2009

Mundo Corporativo

Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório e pegava duro no trabalho. A formiga era produtiva e feliz.

O gerente marimbondo estranhou a formiga trabalhar sem supervisão.

Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada.

E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.

A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga.

Logo, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefônicas.

O marimbondo ficou encantado com os relatórios da barata e pediu também gráficos com indicadores e análise das tendências que eram mostradas em reuniões. A barata, então, contratou uma mosca, e comprou um computador com impressora colorida.

Logo, a formiga produtiva e feliz, começou a se lamentar de toda aquela movimentação de papéis e reuniões!

O marimbondo concluiu que era o momento de criar a função de gestor para a área onde a formiga produtiva e feliz, trabalhava. O cargo foi dado a uma cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial.

A nova gestora cigarra logo precisou de um computador e de uma assistente(sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais e cada dia se tornava mais chateada.

A cigarra, então, convenceu o gerente marimbondo, que era preciso fazer um estudo de clima.

O marimbondo, ao rever as cifras, se deu conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes e contratou a coruja, uma prestigiada consultora, muito famosa, para que fizesse um diagnóstico da situação.

A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, com vários volumes que concluía:

Há muita gente nesta empresa!!

E adivinha quem o marimbondo mandou demitir?

A formiga, claro, porque ela andava muito desmotivada e aborrecida.

**************

É a vida!!!
Muitos beijos, flores e sorrisos para todos!

**********
Professional Counseling - 24 hours / 7 days a week - English, Español, Portugues
**********

5 Deixaram aqui suas Palavra(s) de Amor:

looking4good

Pois é querida amiga! É uma história parodiada mas que tem muito a ver com a vida real. Em primeiro lugar quero agradecer-te a tua companhia inestimável (ainda que virtual). Em seguida dizer-te que hoje estou um tanto por baixo, nostálgico (mais do que habitualmente); aquele poema do Vinicius belíssimo não deixa de nos advertir entre o mais que «De repente, não mais que de repente /
Fez-se de triste o que se fez amante / E de sozinho o que se fez contente ». Depois esta história da foprmiguinha demonstra quão injusto é o mundo... enfim. Logo quando chegar a casa vou pôr um «Leva-me aos fados»!...
Muitos sorrisos, flores e ...poesia :)

O Profeta

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control



Mágico beijo

Pecola

Ui ... se desmotivação desempregasse, estávamos quase todos na rua. :|

É preciso acreditar sempre, sim. Mas que também haja quem nos motive. :)

Nilson Barcelli

Já conhecia a história.
Aliás, todos os gestores conhecem a história, mas muitos continuam a fazer o mesmo que o marimbombo...
Querida amiga, deixo-lhe flores e o desejo de um excelente resto de semana.
Beijos.

contradicoes

Muito interessante porque embora conhecida esta história continua-se a cometer exactamente os mesmos erros ou seja despedir quem produz e ficar com quem nada faz.Beijinhos

Related Posts with Thumbnails
 
BlogBlogs.Com.Br