Friday, May 15, 2009

Grãos de areia

Grãos de areia
Alexandre Lemos
(O Príncipe Poeta)


Espero que meus versos consigam chegar,
Aonde têm que chegar.
Que meu sorriso mesmo distante,
Afaste as lágrimas do seu olhar.
É duro viver, mas você pode superar.
E com certeza, estrelas irão brilhar
pelos caminhos que você passar.
Existe fé no sorriso do seu olhar,
Pois você acredita na vida que está dentro de você.
Na fonte da esperança, você bebe a sede de amar.
Vem a noite como um cobertor e o leva a deitar,
Pois o sol da manhã precisa adormecer e você viver.
Caminhe na esperança de um novo amanhecer.
Se a vida o magoou, aprenda a superar.
O sorriso renascerá, num afago da noite que cairá.
Este é apenas um momento que você tem que passar.
Os meus versos irão chegar, aonde têm que chegar.
Quando sua cabeça nos seus ombros pesar,
Os meus versos serão os braços de apoio para você descansar.
Enxugue as lágrimas no seu olhar.
São versos de amor para uma pessoa que eu sei
Que nunca esqueceu de amar.
Procure em sua vida, o brilho de uma estrela,
Pois eu estarei lá.
Quando um sonho terminar,
É sinal que outro irá começar.
Levante a cabeça, e lembre-se sempre:
- Que você é grande!
Por mais que um grão de areia venha cegá-lo,
Eu quero ser mais que um poeta.
Quero ser uma lágrima, para aquele grão de areia,
Dos seus olhos tirar.
Lembre-se de mim em cada verso, em cada momento,
Que você tiver que passar.
Por mais que a solidão venha,
Sozinho você nunca estará.
Serei sua alma amiga,
Pois como uma lágrima,
Escorrerei do seu olhar.



PRÍNCIPE POETA (Alexandre Lemos - APAE)




Este poema foi escrito por um aluno da APAE de excepcional sensibilidade.
Ele tem 28 anos, com idade mental de 15. Se gostarem, divulguem para prestigiá-lo.
Certamente, a sua mensagem só fará bem.



Beijos, flores e muitos sorrisos para todos!

*****************************************

Professional Counseling - 24 hours / 7 days a week - English, Español, Portugues

10 Deixaram aqui suas Palavra(s) de Amor:

Micas

Incrivel...temos tanto a aprender com essas pessoas que apesar das suas limitações nos ensinam tanto com a sua pureza e sensibilidade apuradíssima.
Grata pela partilha, um abraço para o poeta e beijos para ti.

O Profeta

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Bom domingo



Doce beijo

mfc

Lindo... lindo...lindo!

looking4good

Esse Alexandre Lemos é mesmo um Príncipe Poeta. Gostei muito. Gostei também de saber que vou voltar a passar por aqui mais recorrentemente... Uma excelente semana, amiga!

Nilson Barcelli

Todas as pessoas têm as suas limitações. Nesse sentido, o Alexandre é uma pessoa como as outras.
Mas tem um dom que muitos não têm: O Alexandre sabe fazer poesia.
Este poema é belíssimo, não só pela construção poética, mas principalmente pelo conteúdo.
Gostei muito.

Querida amiga, ainda bem que voltou. Já estava com saudades, porque eu lembro-me de vc sempre que como perú... rs...

Boa semana, beijo.

Paulo Sempre

É sempre salutar calcorrear pelas postagens desde blogue.

Paulo

UMA PAGINA PARA DOIS

Muito lindo o teu blogger com belos poemas
Abraços

Marta

Que sensibilidade e o Alexandre tem toda a razão....
Não estaremos sós enquanto alguém nos sorrir com alma....
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Elcio

Gostei do q li por aqui.
Voltarei.

O endereço que vale é o abaixo:
http://www.instantes.blogger.com.br/

É isso aí.
Bjs

O Profeta

Quero ser barco que foge ao farol
Quero que o vento dance nos brandais
Quero ser viagem de rumo incerto
Quero ser a descoberta na procura do mais

Da próxima vez
Quero ser estrela-do-mar
Um golfinho de chapéu de coco
Um búzio com o som do chamar


Uma boa semana


Mágico beijo

Related Posts with Thumbnails
 
BlogBlogs.Com.Br