Thursday, February 01, 2007

O Que as Mulheres Realmente Desejam?!

Este texto foi publicado por mim no mes de novembro de 2004, sem a devida autorizaçao da autora, ou mesmo sua referencia.
Hoje volto a publicá-lo, tal como deve ser, autorizado, e com os devidos créditos a autora que, sem dúvida alguma, soube escreve-lo muitíssimo bem... Espero que possam apreciá-lo tanto quanto eu.
Beijos, flores e muitos sorrisos para todos... sempre! :o)



Pic by Carmem L Vilanova


"Psicanálise e o Social - O Que as Mulheres Realmente Desejam?!"


Artigo de Yara Belchior*
11/11/2004, 08:31


Escrito há cerca de três anos, este artigo está sempre atual, porque o que manda realmente nos relacionamentos é a atração e o entendimento entre as partes. É preciso ter atração, mas é necessário que haja principalmente entendimento e confiança entre os parceiros. Sintonia, que é quase amor.

"Uma nova droga prometendo "acabar com os problemas de falta de desejo sexual nas mulheres" foi alardeada pela Imprensa, dia desses.

Trata-se da "apomorfina", que atua sobre o cérebro das mulheres diferente do Viagra, que age diretamente sobre o órgão sexual masculino, provocando o aumento do fluxo de sangue para o pênis.

Nas mulheres, entretanto, a excitação e o desejo são mais provocados por reações do cérebro do que da vagina em si. E com o homem não imagino que seja diferente, embora o processo físico seja outro.

Foi pensando nisso que o Pesquisador Ian Russel, do Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha, realizou seus testes com dez mulheres, que depois de 18 semanas de uso da apomorfina, oito confirmaram uma melhora na resposta sexual e no desejo.

Mas será que as mulheres precisam mesmo de "apomorfina" para sentir desejo, ou o que faz as mulheres sentirem desejo e vontade sexual?!

Segundo pesquisas entre os homens, cerca de 70 por cento dos casos de disfunção erétil são psicológicos, relacionados com ansiedade, sentimentos mal resolvidos e depressão. Com as mulheres seria diferente?! Os sentimentos não influiriam?!

Em primeiro lugar, convém destacar que psicanálise e medicina podem e devem andar juntas, embora a medicina não seja pré-requisito algum para o exercício da psicanálise.

Mas as ciências todas devem trabalhar em eterna cooperação e ações conjuntas, com profissionais encaminhando pacientes uns para os outros, quando for o caso e área de atuação.

Portanto, em se tratando desta questão, o que as mulheres realmente precisam para manifestar desejo e vontade sexual?!

Ora, não precisa ir muito longe, a Londres ou ao Pólo Norte, para entender que muito além da questão sexual, o desejo feminino passa por questões culturais e ideológicas, determinantes em sociedades machistas e grosseiras, em sua maioria.

Digo grosseiras, porque ao longo das décadas a mulher foi relegada ao último dos planos, e muito mais que infibulações e maus tratos na África e Oriente Médio, foram até torturadas por sentir desejo aqui mesmo no Brasil, com "santas" inquisições que podem ser pesquisadas na história, além dos famosos e torturantes cintos de castidade medieval, isso sem falar na China e outros países, onde o nascimento de bebês do sexo feminino é recebido com assassinato da criança. É mole ou quer mais?!

Então damos um salto na história, passamos por todas as lutas em defesa da mulher e dos seus direitos, e vemos que hoje, em situação "mais confortável" no Brasil, ainda assim muitas continuam apanhando sem denunciarem, e quando denunciam e reagem podem até ficar presas por legítima defesa, como aconteceu recentemente aqui em Sergipe.

Isso sem falar que o Brasil ordena apenas que o agressor de mulheres pague com cestas
básicas o crime, multas ou serviços prestados a comunidade, como se um sujeito que bate em mulher pudesse prestar serviço em lugar algum além de uma pedreira ou fábrica de carvão, onde encontram-se atualmente muitas crianças, infelizmente.

E damos um saltinho maior para fora desta questão e nos batemos com as mulheres mais independentes, mais bem resolvidas ou que não passem por agressões físicas, mas que ainda assim não sentem desejo e recusam os companheiros, na cama.

O que acontece com elas?! Será que só as agressões físicas ferem?! Será que a desatenção e desrespeito constante de muitos homens não provocam a mesma resposta?! Será que a violência psicológica não causa estragos inarráveis ?!

Assim, considerando que cada caso é um caso, e que a cada caso deve ser tratado como novo na Psicanálise, "esquecendo-se" de tudo o que se aprendeu academicamente e escutando a pessoa como se fosse o primeiro e único caso do mundo, é interessante que os parceiros se procurem mutuamente em busca do que lhes impedem de ficar bem resolvidos e felizes na cama, afinal de contas, o prazer deve ser via de mão dupla, além de notadamente divino.

Por via de regra, sugiro que os cônjuges se questionem mutuamente em busca do que possam estar fazendo ou deixando de fazer que possa estar provocando desconforto e rejeição de uma das partes, para tratar legitimamente o caso: a dois.

Mas em se tratando especificamente da mulher, é conveniente lembrar que atenção, gentileza, desejo real por ela(e não de mentirinha), além de pequenos gestos cotidianos, são fundamentais para a mulher se sentir amada e ter coragem de expressar o seu desejo sexual ao homem.

Ademais, é só usar a criatividade e saber que cabeça não foi feita só para chapéu, nem chapéu só para cabeça. O corpo humano é cheio de opções e curvas, e um dos detalhes preponderantes que temos ao nosso dispor, além do olhar e da atenção ao outro, é o toque, o tocar com desejo o corpo do outro e perceber, depois das palavras, o que o outro realmente deseja.

É bem mais eficaz que remédio. Não causa contra-indicações, não desfalca o bolso, não corre o risco do medicamento estar contaminado e ainda por cima provoca o maior sorriso, segundos depois.

É ou não é surpreendente, ter tudo ao seu dispor e não saber usar a boca, para falar, nem as mãos, para tocar?!

Deixemos a "apomorfina" para os casos que forem realmente indispensáveis, porque o que conta mesmo é amor, respeito, desejo e atração diariamente manifestados, além de um bom estoque de camisinhas para garantir o segundo encontro, depois.

Um excelente começo de semana para todos. Com amor e prevenção, fica mais garantida a atração."



* Yara Belchior é Jornalista-Colunista em Aracaju-Sergipe-Brasil
www.infonet.com.br/yarabelchior
www.yarabelchior.com.br

11 Deixaram aqui suas Palavra(s) de Amor:

lualil

O que conta mesmo é o amor.. sim, isso é fundamental!
beijinhus amiga linda!

Betty Branco Martins

Olá Querida amiga Carmem

Obrigada pelas tuas palavras e carinho

O texto é o MÁXIMO_________e no coração das pessoas deveria estar mais AMOR e mais AMOR___________e___________principalmente não terem medo de o demonstrar-dar

Estou plenamente de acordo_________________ "Com amor e prevenção, fica mais garantida a atração."

Muitos beijos com muito carinho__________rosas____________muitas

Anonymous

CARA CARMEM

AGRADEÇO A ATENÇÃO E O RECONHECIMENTO DO SEU GESTO. POR DETALHES JÁ PERCEBI A SUA NOBREZA DE CARÁTER E PESSOA: LUZ NOTÁVEL A SUA.

ABRAÇO PARA VOCÊ, FAMÍLIA E LEITORES.

FELICIDADES,

YARA BELCHIOR

WWW.INFONET.COM.BR/YARABELCHIOR

WWW.SALVEJORGE.COM

WWW.YARABELCHIOR.COM.BR

Lia

Na maioria das relações falta realmente a entrega de um ao outro.

Muito bom o texto da Yara, e adorei conhecer o teu cantinho.

Beijinhos e bom fim de semana

MARTA

Gostei muito de ler este artigo - muitas vezes, não há diálogo, cumplicidade...
Obrigada pela visita ao meu blog e sim, também tive saudades tuas.
Até logo
Beijos e abraços
Marta

augustoM

A Mãe Natureza escolheu o feminino para se revitalizar, é ele que ficou incumbido da reprodução. Para a realização dotou-o de um tempo apropriado, aquele em que ele estará disponível para concretizar o acto.
Mas o feminino por o ser, encara o acto de forma sensível, não usa a sua disponibilidade de forma aleatória e contrária à sua sensibilidade. Em todo o mundo animal, o masculino tem de cortejar o feminino, tem que demonstrar que é merecedor da sua aceitação. A sensualidade não chega, é fundamental a sensibilidade, a eliminação do sentimento de posse, pois o acto só é verdadeiro na doação.
Salvo casos clínicos, não acredito na falta do desejo por parte das mulheres, será mais o desencontro do encontro sonhado.
Um beijo. Augusto

contradicoes

Muito oportuna esta abordagem e sobretudo sempre actual. Sem dúvida que nesta sociedade de materialismo
galopante não sobra tempo para o amor. Daí a necessidade que muitos sentem em recorrer a fármacos para ultrapassar a escassez de tempo para amar alguém devidamente e possuí-la sem ter de recorrer a estímulos forçados. As excepções a esta regra são efectivamente aquelas do foro neurológico. Beijinhos do Raul

poeta_silente

Carmem!
em primeiro lugar, obriada pela visita.
Gostei deste post.E tenho algumas considerações a fazer. A mulher se permite ficar na situação q está. Ela mesmo se vende como uma mercadoria para apreciação pura e simples. Basta olharmos como é a moda, como ela busca apenas os olhares conseguidos através do enaltecimento de sua sensualidade.
Se a mulher swe colocasse num patamar superior, onde deveria estar, ela simplesmente seria completa. Buscaria olhares para sua sensualidade, mas, também, para sua capacidade intelectual, profissional, maternal, capacidade de amar intensamente e de se doar, como ela é, na realidade.
Mas, vemos isto muito raramente.E, quando vemos, percebemos que esta é uma mulher que "assusta". PErcebe como as mulheres que são consideradas lindas, maravilhosas, sensuais, vem com uma carga de "falta de inteligência" (em memsagens subliminares) sobre sua pessoa.
Isto faz com que a mulher, que se mostra demasiado na área sensual, se veja "cobrada" na intimidade a ter uma performance perfeita... e esta preocupação a afasta da atitude verdadeira.
A mulher só será realizada sexualmente, quando ela se sentir realizada pessoalmente. Sem necessidade de angariar olhares de todos sobre si... porque estes olhares virão naturalmente. Nada mais lindo do que uma mulher auto suficiente e confiante em si e nas suas qualidades, que são inegáveis.
Desculpa-me o longo comentário> Mas senti necessário.
Beijos
Miriam

o alquimista

As coiosas que eu aprendi hoje aqui sobre vocês mulheres...para reter...


Doce beijo

poeta_silente

Carmem!
Obrigada por tuas palavras. E vindo aqui ler , novamente, percebi vários erros de digitação que, no dia, não foram percebidos. Mas um me doeu... este: "(em memsagens subliminares)" Onde vês memsagens, por favor, leia-se mensagens. Estou com um teclado de notbook e estranho um horror o tamanho e disposição das teclas. Embora as teclas "letras" estejam no mesmo lugar, o espaço delas é minúsculo. Peço aos leitores desculpas pelos erros.
Beijos
Miriam

Yara Belchior

Cara Carmem

Gostaria que desse por favor um pulinho em:

www.infonet.com.br/yarabelchior

e

www.salvejorge.com

Grata pela atenção e

ABRAÇO FORTE!

Related Posts with Thumbnails
 
BlogBlogs.Com.Br